Sistema de Posicionamento Global no C-SCAN


O Sistema 2010 tem uma unidade de posicionamento global totalmente integrada. A longitude e latitude precisas de cada local de inspecção podem ser gravadas e visualizadas e aparecerão no relatório da inspecção. A distância em "linha recta" de qualquer local de inspecção armazenado anteriormente será automaticamente calculada e visualizada e, se necessário, pode ser introduzida no cálculo de "atenuação de sinal" sobre cada secção da linha. Isto pode ser cancelado pelo operador, que pode introduzir um outro valor para "distância", se necessário (inspecção em curvas etc.).

Os dados do GPS (longitude e latitude) podem também ser registados para falhas individuais localizadas durante uma inspecção. Isto auxiliará a monitorização subsequente ou uma escavação rápida e reparação, se necessário.

As informações do GPS são transferidas da rede mundial de satélites GPS utilizando a antena GPS incorporada no
2010 e processadas utilizando o software próprio da Dynalog.

A precisão posicional geralmente será melhor do que +/- 5 metros. Esta informação pode ser obtida rapidamente e geralmente é suficiente para a maioria das finalidades.

Um sistema GPS de mão padrão pode ser ligado ao
2000 desde que haja uma interface adequada disponível. Dependendo das características da unidade GPS que estiver a ser utilizada, os dados posicionais podem ser transferidos para o detector e incorporados no registo de dados.