Perguntas mais frequentes


As respostas às suas perguntas


P: Não podemos inspeccionar onde a tubagem passa debaixo de uma estrada. O pode inspeccionar esta secção?

R: Sim. O pode inspeccionar sobre qualquer tipo de asfalto/superfície preta. Se o trânsito estiver activo, é possível fazer uma leitura dos dois lados da estrada. Isto dará uma indicação da qualidade do revestimento de lado a lado da estrada.


P: Existe um campo com gado. Não queremos inspeccionar dentro do campo porque o cabo (CIPS – Inspecção de Potencial a Intervalos Pequenos) se partirá. Como podemos inspeccionar este campo?

R: Pode ou entrar no campo com o ou, se o gado for hostil, pode estabelecer um ponto de inspecção de cada lado do campo. Isto informá-lo-á se precisa entrar no campo para encontrar qualquer falha que seja indicada.


P: Nuestras tuberías atraviesan un pantano que siempre tiene al menos 8 pulgadas (20 cm) de agua. Nuestro método actual no puede hacer una inspección allí. ¿ Puede el hacerla?

R: A nossa tubagem atravessa um pântano que está sempre em pelo menos 20 cm de água. O nosso método actual não pode inspeccionar neste local. O pode fazer isso.


 

P: Temos duas tubagens paralelas que se cruzam. Contudo, não conseguimos encontrar um cruzamento. Como podemos encontrá-lo?

R: Caminhe entre as duas tubagens com o . Quando passar sobre o cruzamento o indicará "overhead", isto é, que está sobre uma tubagem (na realidade sobre duas tubagens que se cruzam).


P: Temos um problema ao inspeccionar duas linhas paralelas que estão tão perto que se tocam e os cruzamentos estão enterrados. Como inspeccionamos essas linhas?

R: Se as tubagens estão tão juntas e se cruzam, pode tratar ambas as tubagens como uma. Faça uma inspecção da maneira normal. Quaisquer falhas que sejam encontradas podem estar numa das duas tubagens. Não é possível (por qualquer método) distinguir entre estas duas tubagens. Contudo, seria impossível escavar apenas uma das tubagens!


P: A nossa tubagem cruza uma outra (que não é nossa). Como podemos saber se elas se tocam?

R: Se as tubagens se cruzam, desligue-as. Faça a inspecção na sua tubagem. Se encontrar uma falha na área de cruzamento, faça outra leitura na outra tubagem. Se obtiver uma leitura, as duas tubagens estão a se tocar.


P: Suspeitamos que uma tubagem que fomos contratados para inspeccionar afundou devido ao terreno molhado. Isto poderia estar a exercer um esforço sobre a tubagem. Como podemos verificar isso?

R: Faça leituras de profundidade ao longo da secção da tubagem. Isto indicará qualquer arqueamento e a sua medida. Pode utilizar o "close interval mode" (modo de intervalos pequenos) no 2010 para isso.


P: Precisamos fazer um mapa da tubagem que estamos a inspeccionar. Existe alguma maneira de fazer isso?

R: omo o 2010 tem uma unidade GPS incorporada (pode utilizar uma unidade GPS externa com o C-SCAN 2000), o relatório feito pelo tem um gráfico do GPS. Pode mudar a escala deste gráfico e sobrepô-lo sobre o seu mapa ou pode tirar as leituras de latitude e longitude (também impressas) e introduzi-las num sistema GIS.


P: A nossa tubagem tem uma junta isoladora (JI). Como podemos inspeccioná-la?

R: ma JI interrompe o fluxo de corrente, portanto, pode fazer uma ponte eléctrica sobre ela se precisar fazer uma inspecção contínua ou pode ligar um lado a um ponto de ligação à terra conveniente e fazer a inspecção até este ponto. Se a JI não for sobreposta por uma ponte eléctrica ou ligada à terra, a inspecção indicará um aumento de atenuação à medida que se aproximar da JI. Isto é porque a corrente sai da tubagem antes da JI.


P: Temos utilizado o 2000 e temos um problema. Ao inspeccionar uma tubagem em terreno de resistência muito elevada (deserto), uma corrente injectada de 800 mA, utilizando uma ligação à terra enterrada com protecção catódica (PC), não alcança o primeiro posto de teste (a 1 km). Como podemos inspeccionar esta tubagem se o sinal do não cobre esta distância (perdemos tudo após cerca de 200 m)?

R: Isto indica que existe uma falha séria dentro dos primeiros 200 m. Se as atenuações forem todas elevadas, o revestimento desapareceu totalmente e inspeccionar a tubagem é uma perda de tempo porque esta está totalmente defeituosa (pelo menos os primeiros 200 m). Se tiver apenas uma atenuação muito elevada, há uma falha muito séria naquele local. Conserte esta falha primeiro antes de continuar a inspecção. Esta falha impedirá que a protecção catódica (PC) realize a sua função no resto da tubagem, portanto, é importante que seja reparada o mais rápido possível.